Baixar Livro Caminhando na Chuva – Charles Kiefer PDF MOBI LER ONLINE

Literatura

Baixar Livro Caminhando na Chuva – Charles Kiefer PDF MOBI LER ONLINE

Baixar Livro Caminhando na Chuva – Charles Kiefer PDF MOBI LER ONLINE

 Edição comemorativa de 30 anos. Túlio é um jovem pobre, de descendência alemã, que vive numa pequena cidade do interior do Rio Grande do Sul. Com a literatura na alma e as palavras incrustadas em seu ser, escreve e conta a sua história. Da deliciosa infância, inspirada pelas histórias do avô, Túlio transpassa a adolescência e lembra seus dramas, medos, amores, sonhos, desilusões… A adolescência não é realmente uma das épocas mais fáceis na vida de alguém. Mas a vida de Túlio fica mais difícil mesmo quando se apaixona por Rosana, moça rica e com um pai controlador. A novela de temática adolescente “Caminhando na Chuva” é a obra de estreia de Charles Kiefer na literatura e um clássico infantojuvenil.

Opinião do Livro e do autor Caminhando na Chuva – Charles Kiefer PDF MOBI LER ONLINE

Ninguém nasce escritor, torna-se escritor, afirma o autor neste livro de textos rápidos, mas consistentes. Escritor consagrado, publicado também na França e em Portugal, Charles Kiefer possui mais de 30 títulos, alguns com dezenas de reimpressões. Recebeu prêmios importantes, como o Afonso Arinos, da ABL, e o Jabuti, da CBL. Além de tudo isso, é, também, professor. E, nos últimos 25 anos, tem ensinado a arte da escrita a milhares de pessoas. Nesta obra, as variadas facetas do processo criativo, os mecanismos de funcionamento do sistema literário, os problemas éticos e sociais da vida autoral são discutidos com rigor e ternura, repetindo na escrita a forma de atuação do escritor-professor em sala de aula. Se você deseja conhecer melhor o universo da escrita, ou se tem, também, pretensões literárias, não pode deixar de ler esta obra

Não é um livro que te ensina a escrever. Ele te ensina a pensar sobre o que significa ser escritor, qual é a realidade que nos espera nesse novo mercado da literatura, tão vasto, fugaz e cheio de pedras. E fala, também, da própria literatura, o que nos move a criar.

Written by dmendes40

Leave a Reply