Baixar Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen PDF MOBI LER ONLINE

Administração, Ética, Nacional

Baixar Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen PDF MOBI LER ONLINE

Baixar Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen PDF MOBI LER ONLINE

Uma obra fundamental para o momento que vive o país. Por qual razão nós brasileiros, apesar de não confiarmos nos políticos, a quem dedicamos insultos dos mais criativos e variados, pedimos que o governo intervenha sempre que surgem problemas? Por que vamos para as ruas protestar contra os políticos e ao mesmo tempo pedir mais Estado – como se este não fosse gerido pelos… políticos? Por que odiamos os políticos e amamos o Estado? Por que chegamos à condição de depender do Estado para quase tudo? Bruno Garschagen busca entender como se formou historicamente no Brasil a ideia de que cabe ao governo resolver todos ou a maioria dos problemas sociais, políticos e econômicos. De Dom João VI a Dilma Rousseff, um compromisso inabalável uniu todos os governantes, inclusive aqueles chamados (erradamente, segundo o autor) de liberais ou neoliberais: a preservação do Estado monumental e mesmo o seu crescimento. Por quê? Para responder a esse conjunto de questões, o autor vasculha a história política do Brasil desde que os portugueses aqui chegaram até os dias de hoje. Com texto brilhante, leve, bem-humorado e informativo, recorrendo também às explicações de pensadores brasileiros e portugueses, tece uma espécie de conversa entre os intelectuais que refletiram sobre a cultura política do Brasil para narrar a história de um país cuja formação cultural se confunde com a onipresença da burocracia nacional.

Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online

  • baixar livro parem de acreditar no gorveno
  • Bruno garschagen pare de acreditar no governo pdf download
  • bruno garschagen pdf
  • não acredite bruno no governo epub
  • pare de acreditar no governo lê livros

Opinião do Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen PDF MOBI LER ONLINE

Por qual razão nós brasileiros, apesar de não confiarmos nos políticos, a quem dedicamos insultos dos mais criativos e variados, pedimos que o governo intervenha sempre que surgem problemas? Por que vamos para as ruas protestar contra os políticos e ao mesmo tempo pedir mais Estado – como se este não fosse gerido pelos… políticos? Por que odiamos os políticos e amamos o Estado? Por que chegamos à condição de depender do Estado para quase tudo?

Bruno Garschagen busca entender como se formou historicamente no Brasil a ideia de que cabe ao governo resolver todos ou a maioria dos problemas sociais, políticos e econômicos. De Dom João VI a Dilma Rousseff, um compromisso inabalável uniu todos os governantes, inclusive aqueles chamados (erradamente, segundo o autor) de liberais ou neoliberais: a preservação do Estado monumental e mesmo o seu crescimento. Por quê?

Para responder a esse conjunto de questões, o autor vasculha a história política do Brasil desde que os portugueses aqui chegaram até os dias de hoje. Com texto brilhante, leve, bem-humorado e informativo, recorrendo também às explicações de pensadores brasileiros e portugueses, tece uma espécie de conversa entre os intelectuais que refletiram sobre a cultura política do Brasil para narrar a história de um país cuja formação cultural se confunde com a onipresença da burocracia nacional.

 

Este livro é um resumo não só de nossa história política (da chegada dos portugueses até o governo de hoje), mas de nossa história cultural, a cultura de venerar o Estado mesmo não confiando nos políticos. Como um paradoxo como esse existe? É o que Bruno Garschagen conta no livro.

É dividido em 8 capítulos, sendo os 3 primeiros dedicados ao período colonial, os 2 seguintes à monarquia, o capítulo 6 e 7 à República, e o último capítulo sendo uma análise geral com um prognóstico.

A capacidade de síntese de Garschagen é otima, com fontes confiáveis dos acontecimentos históricos, distorcidos ou desconhecidos por boa parte da população, além de uma leve pitada de humor que deixa a leitura ainda mais leve e agradável, num assunto que poderia entediar o leitor. A desgraça começa logo no nosso descobrimento, como diz o autor. A partir da metade do livro, que passa a contar a história de nossa República, o livro fica empolgante por apresentar inúmeras barbaridades políticas. O que se percebe é que os problemas de hoje são meras repetições de erros cometidos no passado. Ao concluir o livro, nota-se que o estatismo está presente em toda a nossa história, e se somos conhecidos como o país do eterno “quase”, não é nenhuma surpresa, visto que nunca experimentamos uma boa dose de liberdade; somos condicionados a pensar que o Estado deve resolver os nossos problemas (criados pelo próprio governo).

É necessário uma mudança cultural e institucional, como diz Garschagen. Precisamos se envolver mais na política, mas com envolvimento engajado para termos mais liberdade individual, com menos dedo do governo nas nossas vidas (nas esferas econômica, política e social-cultural), que sempre acha que não podemos cuidar de nós mesmos. Como o autor mostra, um Estado cheio de atribuições só tende a ser mais ineficiente. O diagnóstico é ruim e temos um caminho longo, mas podemos reverter o jogo, e felizmente, isso já está acontecendo. Só nós (o povo) podemos reverter esse quadro.

Este livro deve ser lido por qualquer um preocupado com o país e com o futuro de nossos filhos, para não repetirmos o que estamos fazendo já fazem mais de 500 anos.

No momento do estouro do maior escândalo de corrupção da historia do Brasil, o livro do Bruno Garschagen lembra que as raízes do problema vão muito longe e quase na chegada do Cabral. Desprezando os políticos mas esperando tudo do estado, acreditando nas promessas e na magia das leis para sonhar em direitos sem deveres, o brasileiro contribui assim, segundo o autor, a consolidar um “custo Brasil” combinando incompetência da governança, corrupção endêmica e um intervencionismo extremo vendo um vereador capixaba propor uma lei proibindo aos noivos de casar sem calcinhas. Divertido, as vezes quase cínico, mas sempre argumento, “Pare de Acreditar no Governo” pode ajudar a uma conscientização que o autor queria ver como o primeiro passo para uma virada política e cultural.
Ler Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen.
livro sobre Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen,
opinião do livro Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen,
autor do livro Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen,
ebook Livro Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen,
ler Pare de Acreditar no Governo – Bruno Garschagen

Livros Relacionados

Written by dmendes40

Leave a Reply