Baixar Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa PDF MOBI LER ONLINE

Filosofia, Literatura, Romance

Baixar Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa PDF MOBI LER ONLINE

Baixar Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa PDF MOBI LER ONLINE

Os Íntimos – Afonso, Augusto, Guilherme, Pedro e Filipe. Cinco amigos se reúnem num bar de Lisboa, em noite chuvosa, para um longo jantar. Na televisão, assistem a um jogo de futebol enquanto discutem, riem, e falam sobretudo de mulheres.
Elas não estão à mesa; a única personagem feminina é Célia, filha do dono do estabelecimento, que conhece bem os hábitos daqueles cinco homens e os serve noite adentro. Mas as mulheres permeiam esse magistral romance de Inês Pedrosa. Elas também mostram sua voz, para contradizê-los, para os ajudar a relembrar amores passados e desilusões.
Ao intercalar diferentes vozes e estilos narrativos, Pedrosa produz em Os íntimos uma realidade multifacetada, rica, que dá vida aos personagens e mostra seus conflitos e suas dores mais profundas

Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online

  • baixar livro de autoconhecimento intimo

Opinião do Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa PDF MOBI LER ONLINE

“Os Íntimos” é uma visita ímpar ao universo dos homens. Ao longo de uma noite, memórias cruzam-se com revelações, retratando as vivências e opções de uma geração. Contrastando com as três protagonistas femininas de “Nas Tuas Mãos”, Inês Pedrosa define este elenco masculino de um modo subtil e certeiro.

Quando transitava da adolescência para a adultez alimentava desejos de ser escritora e a Inês Pedrosa era a minha referência. Tanto do que lia dela se parecia com a forma como pensava o que sentia! Mas eu cresci e percebi que quando escrevia uns contos mauzinhos afectava emoções com manipulações da lingua demasiado óbvias e passei a apreciar autores com uma sinceridade poética. A Inês Pedrosa continua a escrever de forma visceral e a fazer-nos entrar nas suas personagens e fá-lo de uma forma subtil. A análise que as personagens fazem umas das outras e delas mesmas mostra que a autora é uma contempladora do comportamento humano.

No entanto essa análise tem os tais elementos afectados e um livro composto com base em generalizações misóginas não resulta bem.

Outra coisa que não resulta bem são as narrações de personagens diferentes. Todas tinham a mesma voz e nenhuma personalidade própria. Havia narrações intimistas e excertos de contos que foram escritos exactamente da mesma forma. A ideia é boa, mas precisava de um pouco mais de polimento na execução.

Foi o primeiro livro da escritora que li e não posso deixar de me sentir um pouco desiludida. Esperava mais e o problema das expectativas é que elas crescem e na maioria das vezes ficamos com um certo formigueiro na ponta dos dedos.
Afonso é o fio condutor desta história que dá voz a 5 amigos, homens, diferentes e com uma amizade “tipicamente” masculina. Ou pelo menos é isto que a autora parece pretender. Afonso, Filipe, Pedro, Guilherme e Augusto reúnem-se para um dos seus habituais jantares e ao longo do livro conhecemos os seus pensamentos e boa parte da sua história. E principalmente a história da sua amizade, a tal tipicamente masculina (o que quer que isso seja) com todos aqueles clichés habitualmente atribuídos aos homens (e às mulheres). E foi aqui que este livro me desiludiu. Não me pareceu uma história sobre a amizade masculina, que compreendo perfeitamente ser atrativa para as mulheres, mas sim um livro sobre o que as mulheres supõem ser uma amizade masculina. Não é que o livro seja mau, porque não é, simplesmente parece-me pretender ser aquilo que não é. E parece-me isto precisamente pelas inúmeras menções ao que “as mulheres são…” e/ou “os homens são…”.
Gostei da história propriamente dita, dos personagens e da forma como todos, mais ou menos, têm voz e contam a sua versão de um mesmo acontecimento. Gostei as intrusões femininas no livro, da carta da Ana Luísa, da história de Bárbara e principalmente do conto da doente do Afonso. Apesar de estar um pouco descontextualizado achei-o brutal (nos vários sentidos desta palavra) principalmente por contrastar tanto com o tom (falsamente) ligeiro do livro

Ao longo de uma noite um grupo de amigos (todos homens) – no qual a personagem de Afonso é o fio condutor – vai trocando ideias, partilhando memórias, fazendo revelações acerca das suas vivências e opções relativamente ao amor/sexo e à alma/corpo, à sua relação com o desejo e com as mulheres.
Inês Pedrosa saboreia as palavras enquanto escreve, levando o leitor a acompanhá-la enquanto lê.Escreve uma vez mais com engenho. Consegue ser lírica e talvez delicada, mas ao mesmo tempo audaz, bruta e directa sem rondeios.
A obra “Os Íntimos”, encontrando-se na linha (de qualidade) “A Eternidade e o Desejo”, envolve o leitor do inicio ao fim, ao ponto de o deixar de tal forma absorto que chegado à última página ainda quer mais…
Em síntese, uma viagem ao universo masculino, em que se brinca com as palavras sem qualquer forma de pudor.

Ler Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa.
livro sobre Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa,
opinião do livro Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa,
autor do livro Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa,
ebook Livro Os Íntimos – Inês Pedrosa,
ler Os Íntimos – Inês Pedrosa

Livros Relacionados

Written by dmendes40

Leave a Reply