A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana

Comportamento

Baixar Livro A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana PDF MOBI LER ONLINE

a-vaca-e-o-hipogrifo-mario-quintana

Descrição do livro

Quintana foi tradutor de Charles Morgan, Lin Yutang, Proust e Voltaire. Gaúcho de Alegrete, veio para o Rio de Janeiro na Revolução de 1930, quando trabalhou com Erico Verissimo. De volta a Porto Alegre fez uma poesia cheia de autenticidade. Isso está revelado na obra “A Vaca e o Hipogrifo” (1977). Uma seleção de crônicas, nas quais estão contidos um certo pessimismo e uma certa morbidez. Mas também uma ternura pela vida.

Opinião do livro A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana PDF MOBI LER ONLINE

Nasci em Alegrete, em 30 de julho de 1906. Eu acredito que foi a primeira coisa que me aconteceu. E agora eles me pediram para falar de mim mesmo. Bem! Eu sempre pensei que cada confissão de que não foi alterada pela arte é indecente. Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão. Ah! mas o que eles querem são detalhes, crueza, fofocas … Aqui vamos nós! Tenho 78 anos, mas sem idade. De idades, há apenas duas: ou você está vivo ou morto. Neste último caso, é muito velho, porque o que foi prometido para nós era a Eternidade.
Eu nasci no rigor do Inverno, temperatura: 1 grau; e eu ainda era prematuro, o que me deixaria tipo de complexo, porque eu costumava pensar que eu não estava pronto. Um dia eu descobri que alguém tão completo como Winston Churchill nasceu prematura – a mesma coisa aconteceu com Sir Issac Newton! Excusez du peu … (Para citar alguns …)
Eu prefiro citar a opinião dos outros sobre mim. Eles dizem que eu sou modesto. Pelo contrário, estou tão orgulhoso de que eu acho que nunca chegou a altura da minha escrita. Porque a poesia é insatisfação, uma aflição de auto-elevação. Um poeta satisfeito não satisfaz. Eles dizem que eu sou tímida. Nada disso! Eu sou muito calmo, introspectivo. Eu não sei por que eles submeter os introvertidos ao tratamento. Apenas por não ser tão irritante para o resto? É justamente por detestar annoyingness, a morosidade, que eu amo síntese. Outro elemento da poesia é a busca da forma (não do formulário), a dosagem de palavras. Talvez o que contribui para a minha segurança é o fato de eu ter sido um praticante de farmácia para cinco anos. Note-se que o mesmo aconteceu com Carlos Drummond de Andrade, Alberto de Oliveira, Erico Verissimo – eles bem sabem (ou sabia) que uma briga amorosa com palavras significa.

Ler A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana.
livro sobre A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana,
opinião do livro A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana,
autor do livro A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana,
ebook A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana,
ler A Vaca e o Hipogrifo – Mario Quintana

Written by dmendes40

Leave a Reply