Um Toque de Morte – Luiza Salazar

Terror

Baixar Livro Um Toque de Morte – Luiza Salazar PDF MOBI LER ONLINE

um-toque-de-morte-luiza-salazar

Descrição do livro

Pode me chamar de Kat. Eu daria tudo para ser apenas uma jovem universitária, preocupar-me com os assuntos discutidos nos trens, nos corredores das escolas, nas ruas: qual roupa vestir na festa, qual o futuro da política do país, quem vai ganhar o jogo esta noite. É, você entendeu.

Mas na minha cabeça só há espaço para uma preocupação: quem será a minha próxima vítima.

Eu sou uma Ceifadora. Isso significa que posso matar com um simples toque das mãos, um dom que desejava todos os dias não possuir. Mas quando aqueles dois estranhos apareceram na minha vida e fizeram tudo virar de pernas pro ar, comecei a entender que existem pessoas que fariam de tudo para controlar esse meu poder indesejável. Até mesmo me matar. É até irônico, né?

Um Toque de Morte é um romance fantástico de Luiza Salazar, uma aventura pelas sombras que se escondem nos becos da cidade.

Não se deixar envolver, não se aproximar demais. Essa é a maldição dos Ceifadores, não poder sentir o mundo com a própria pele.

Baixar, Livro, eBook, PDF, ePub, mobi, Ler Online

  • ficcao faantasticaa
  • Os melhores livros de ficção fantástico

Opinião do livro Um Toque de Morte – Luiza Salazar PDF MOBI LER ONLINE

O que você faria se nascesse com um dom da morte??? Isso mesmo que você, acabou de ler. O que faria?? Bom essa é a história de Kat: ela nasceu com o dom da morte. Dom esse que faz com que qualquer ser vivo morra ao tocar em suas mãos.

Agora imaginem o quanto isso é difícil quando se é criado em um orfanato. Kat descobriu esse dom no orfanto, após pegar um passarinho machucado. Ele simplesmente morreu em suas mãos. E com isso ela se manteve longe de qualquer criança, até ter idade suficiente para sair do orfanato.

Nos “dias atuais”, Kat morava com sua amiga Rebecca, que aliás não sabia de seu dom. E com isso elas conseguiam conviver bem e até irem para escola juntas. Escola, esse era o grande pesadelo de Kat, que tentava ser o mais invisível possivel e claro tentava não encostar em ninguém.

Mas um dia as coisas mudam: um garoto novo é transferido para a escola em que ela estuda. Mas não qualquer garoto, mas sim um garoto como ela que tinha os mesmos olhos lilás que ela também tinha.

E em um determinado momento ele chegou até ela e lhe pediu ajuda. E claro que ela estranhou, por que em todas as pessoas da escola ele foi pedir ajuda logo para ela?? Mas mesmo assim ela o ajudou e perguntou seu nome: Vincent. E enquanto estava indo para a sala, eles dão de cara com mais um garoto novo. Seu nome?? Eric, e o momento foi bem estranho por que eles se estranharam, como se conhecessem.

E enquanto eles estavam se estranhando, Kat deixou eles e foi para a sala de aula. Kat tenta ser o mais invisível possivel, mas Vincent chega na sala de aula se apresentando como aluno novo e ele mal tira os olhos dela. O que para Kat isso foi bem estranho.

Mas as coisas vão ficar mais estranhas ainda quando ela descobrir quem de fato eles são e que eles sabem quem ela é. Mas claro que convido vocês a lerem essa história para saber (hahaha).

Ah! E esqueci de mencionar que a noite Kat trabalha para um cara que denominado como Chefe. Mas qual é o trabalho dela?? Matar pessoas e essas mortes são sempre encomendadas por terceiros que não se identificam. Mas um dia a coisa fica muito feia quando ela tem que matar um cara, e ela é pega por uma mulher que tem olhos tão lilases quanto os dela. E com o susto ela se atrapalha e sai correndo direto para casa.

Tenho que dizer o motivo de ter dado três estrelas para essa história: simplesmente não gostei do enredo desenvolvido. Mas como assim?? Sabe aquela história que você acha que tem tudo para ser uma grande história, mas quando você começa a ler e percebe que não é nada do que imaginou?? Bem isso aconteceu comigo nessa história.

Enquanto eu lia, percebi o quanto a mesma foi enrolada e a coisa só acontece mesmo nos minutos finais do livro. E quanto termina você pensa: “É isso???”. Ok eu sei que a história tem uma continuação, mas acho que essa história poderia ser muito bem desenvolvida. Durante 90% do livro, a história foi enrolada com todas as preocupações e dilemas de Kat. E olha que em certa parte isso faz com que compreendemos quem é a personagem e também a sua personalidade. Sem contar que tem todo um mistério criado, sobre a mãe de Kat. Mas tenho que dizer que esse mistério não me deixou curiosa, por que o mesmo não foi aprofundado. E quando Kat tenta descobri por si sobre o que ela é, foi totalmente momentâneo e depois não houve qualquer tentiva para o mesmo.

No geral: a história poderia ter sido melhor construída, se fosse diminuído um pouco os dilemas de Kat e partido para os acontecimentos mais importantes como: o que aconteceu com a mãe de Kat ou até mesmo se a personagem descobrisse mais sobre a sua história. Os personagens são bem construídos, mas senti falta de conhecer um pouco mais sobre os mesmos.

Recomendo essa leitura, pois mesmo não ter sido do meu agrado, você pode ler e gostar e ficar intrigado com a leitura.

Katherine é uma ceifadora. Com um simples toque ela pode tirar a vida de alguém e ainda pode escolher qual a causa da morte. Ela também possui marcas negras nas suas mãos, como tatuagens e olhos de cor violeta. Por não poder tocar em ninguém, ela é considerada estranha na escola e sempre tenta ser invisível, coisa que ela conseguiu fazer durante muito tempo, mas de agora em diante será bem difícil.

“Imagine por um instante que você tem cinco anos de idade e na inocência da infância quer ajudar um passarinho que caiu do ninho no quintal do orfanato e quebrou uma das asinhas. Você anda até ele, se agacha sujando o vestido, sabendo do castigo que vai receber e pega o bichinho nas mãos, com toda a intenção de ajudá-lo a voar de volta sobre o muro opressivo de tijolos pretos. Só que, ao invés de ajudar o pobre coitado, você sente a vida se esvair dele, sumir como fumaça. Você sente suas mãos quentes e a presença de um pássaro imóvel em suas mãos. E mesmo com cinco anos de idade, mesmo sem sequer saber ler direito, você tem certeza de que ele está morto. E de que a culpa é sua.”

Kat mora com sua amiga, Rebecca. Ela é uma menina que tudo que ela queria, os pais não realizaram e fizeram o contrário. A menina sempre demostrou muito carinho pela ceifadora, apesar de nunca se tocarem.

Durante a noite, Kat era contratada para matar pessoas. Ela ia em uma boate pegar os serviços com seu chefe. Em um trabalho, ela foi na casa do homem que tinha que matar, porém ele estava com uma mulher. Ela esperou eles dormirem e, silenciosamente, entrou na casa e matou-o com uma parada cardíaca. Porém, a mulher acaba acordando e ela também tinha olhos violeta.

“Hoje em dia, eu sou o que algumas pessoas chamam de Ceifadora. Adorável, certo? Isso basicamente significa que eu posso, não, que eu mato tudo em que encosto. Simples assim. Adeus normalidade.”

Kat fica assustada porque ela tinha que ser discreta. No seu mundo, existem várias outras pessoas com olhos violetas e eles podem ter diversos outros poderes. O que será que aquela mulher era?

No dia seguinte, um menino aparece na escola. E adivinhem… Ele também tem olhos violeta. Seu nome é Vince e ela o ajuda no seu primeiro dia. Porém, também aparece outro menino, Eric, também de olhos violeta, e inimigo de Vince.

“Ser uma ceifadora significa que sou e sempre serei uma assassina, afinal foi a natureza que me fez assim, certo?”

Quem são aqueles garotos? Quem era a mulher ruiva que a observou ir embora?

Um Toque de Morte é um livro incrível. Foi um tanto surpreendente e eu sinceramente, não achei que fosse gostar tanto. Nunca tinha lido uma história onde encontramos ceifadores como personagens principais e eu adorei.

O mundo criado pela Luiza foi muito bem-criado. Em momento nenhum fiquei perdida durante a história, por não entender o que estava acontecendo, porque tudo é explicado e bem amarrado. Uma das coisas que eu mais gostei, foi que, quando Kat usa o seu poder, no momento que ela toca em alguém, o mundo fica cinza. É o mundo da morte. Achei esse aspecto criado pela escritora muito interessante. E também gostei das marcas que a personagem tem na mão. É o que a caracteriza como ceifadora.

Eu consegui me apegar a personagem da Katherine. O leitor fica bem próximo dela durante a leitura e conseguimos entender tudo o que ela está passando. Além disso, é uma personagem que tem características próprias.

Também adorei a Rebecca, que é aquela menina inteligente, esforçada, que adora compras. Porém, durante a leitura, eu passei a desconfiar dela. Não sei explicar o porquê, já que não foi explicado ainda o motivo da mudança de comportamento. Além disso, me vi dividida entre Vince e Eric. Assumo que fiquei com um pé atrás com relação a Vince, mas também cheguei a suspeitar de Eric. Gosto dos dois personagens, mas tem algumas atitudes de Vince que me incomodaram.

Ler Um Toque de Morte – Luiza Salazar.
livro sobre Um Toque de Morte – Luiza Salazar,
opinião do livro Um Toque de Morte – Luiza Salazar,
autor do livro Um Toque de Morte – Luiza Salazar,
ebook Um Toque de Morte – Luiza Salazar,
ler Um Toque de Morte – Luiza Salazar

Written by dmendes40

Leave a Reply